O medicamento genérico funciona?

Na hora em que o médico receita uma lista de remédios, seja para curar uma determinada enfermidade ou para uso contínuo, muita gente fica sem saber se o  medicamento genérico faz o mesmo efeito. Por isso, elaboramos esse post que vai te mostrar a diferença entre medicamento genérico x medicamento de referência. Leia até o final e não pague mais caro. 

 

O que são medicamentos genéricos?

Podemos dizer que são medicamentos que contém o mesmo princípio ativo, a mesma concentração, a mesma forma de manipulação, posologia, administração e até a mesma indicação do medicamento de referência. Ou seja, o medicamento genérico é praticamente igual ao original e exerce, comprovadamente, os mesmos efeitos na saúde dos pacientes. 

 

Todo medicamento genérico precisa ter registro obrigatório na ANVISA antes de ser comercializado. Além de terem um custo muito mais acessível para a população, ele praticamente tem os mesmos efeitos colaterais do que os medicamentos de referência.

 

Porque existe mito que medicamento genérico não funciona?

Se você sempre esteve em dúvida sobre medicamento genérico x medicamento de referência, pode ficar tranquilo a partir de agora. Tempos atrás, existia um mito entre as pessoas de que quando o remédio era genérico ele não funcionava. Mas isso caiu por terra há tempos. 

Acreditava-se erroneamente que um medicamento genérico não tinha a mesma qualidade e eficácia do produto original, era produzido em laboratórios de origem duvidosa, tinha terríveis efeitos colaterais e ainda não fazia o efeito desejado no organismo do paciente, que acabava gastando dinheiro sem necessidade. 

 

Hoje a ciência comprovou que isso não passa de um mito. Para se ter uma ideia, 7 em cada 10 pacientes fazem o uso de algum medicamento genérico, independente do problema de saúde que foram acometidos, tamanha a sua confiabilidade. 

 

Como identificar um medicamento genérico?

Pode até não parecer, mas é muito fácil identificar medicamentos genéricos. Geralmente, eles vêm com uma tarja na cor amarela na embalagem contendo os seguintes dizeres: “Medicamento Genérico”. Além disso, também deve constar em toda embalagem a frase: “Medicamento Genérico Lei 9.787 de 1999”.

 

Vale ressaltar que remédios genéricos não têm um nome específico como os medicamentos de referência. Então, o nome que o consumidor lê na embalagem nada mais é do que o princípio ativo do produto. A única diferença relevante entre medicamento genérico x medicamento de referência é essa. 

Motivos para você comprar genérico e não de referência

Fique por dentro dos principais motivos para você investir em medicamentos genéricos, que podem ser muito mais vantajosos, em diversos aspectos:

  • Menor preço. Os genéricos costumam custar cerca de 40% mais barato do que o medicamento de referência (original);
  • Disponibilidade gratuita pelo SUS, dependendo do tipo de medicamento;
  • Mesma segurança e eficácia no tratamento;
  • Forte estímulo para reduzir o custo dos medicamentos de referência;
  • Maior incentivo à ciência e pesquisas na área da medicina;
  • Mesmo princípio ativo do produto original.

 

Se você fizer a opção por um medicamento genérico vai andar com a saúde em dia e, de quebra, pagar um preço bem mais em conta. Acredite, é verdade. 

 

Drogaria pop tem os melhores preços em genérico

A Drogaria POP oferece medicamento genérico a preços extremamente acessíveis para você e toda a sua família. Com um excelente custo-benefício e vantagens imperdíveis, os nossos medicamentos são produzidos em laboratórios de confiança e tradição no mercado. Pode ter a certeza de que você estará fazendo um excelente negócio conosco. Na Drogaria POP é assim: a sua saúde é a nossa prioridade.